O QUE É UMA UDE


O que é uma UDE ?

Uma União Distrital Espírita é a reunião de várias casas espíritas de uma região da capital dos Gaúchos. É o órgão de representação federativa no distrito, tendo por objetivo a unificação, a orientação, a coordenação e a dinamização do Movimento Espírita em sua área de competência.
Porto Alegre esta dividida em sete UDEs: Centro, Glória, Navegantes, Passo d’Areia, Santana, Partenon e Tristeza. Para ver o mapa de todas as UDEs acesse www.cre1.com.br

O que faz uma UDE ?

            Art. 163 – Regimento Interno da FERGS: Dentro de seus objetivos e no uso de suas atribuições, compete à União Espírita:
I – incrementar o estudo sistemático das obras da Codificação Kardequiana e das obras complementares, a fim de manter a pureza e a orientação correta da Doutrina;
II – promover a aplicação do opúsculo “Orientação ao Centro Espírita” (CFN) e zelar pelo cumprimento das normas particulares expedidas pela Federação;
III – dinamizar a difusão da Doutrina Espírita e enfatizar a importância da Unificação do Movimento;
IV – divulgar a importância da evangelização dos lares e das novas gerações;
V – incentivar e orientar as atividades de evangelização dos lares, da infância e da juventude, de acordo com a orientação federativa, apoiando integralmente todas as iniciativas nos setores correspondentes;
VI – prestar assistência às federadas integrantes, quando solicitada, sem interferir na sua administração, bem como junto às sociedades da sua zona de ação que desejarem federar-se;
VII – constituir comissões, compostas de representantes das federadas que a integram, a fim de manter intercâmbio fraterno e doutrinário entre as mesmas, bem como para o cumprimento de outras tarefas que lhes forem atribuídas (permutar experiências, etc.);
VIII – promover, sempre que possível, realizações em comum com as associações integrantes da União, tais como encontros de pais, palestras, “Semana Espírita”, encontros de crianças, encontros de juventude e outras de significativa importância para a unificação do Movimento Espírita;
IX – assessorar a Diretoria Executiva da Federação nas promoções federativas de âmbito regional ou estadual, participando ativamente dessas promoções;
X – representar o Movimento Espírita dentro de sua área de atuação, com vistas a elevar seu conceito perante a sociedade e contribuir para que a Doutrina Espírita se torne cada vez mais compreendida pelo povo;
XI – encaminhar à Diretoria Executiva relatório das ocorrências que possam contrariar as normas federativas, tais como o não comparecimento reiterado às reuniões programadas pela União, a prática de desvios doutrinários e outras que possam comprometer a imagem do Movimento Espírita.